domingo, 26 de junho de 2011

O Freixo e A Bétula

The Ash Tree - Freixo
Resisti um pouco em escrever sobre estas árvores já que, no Brasil, dificilmente se encontram estas duas espécies em questão. Mas, elas têm um rico simbolismo para os povos da Europa e não posso me esquecer do povo português, tão querido, que tem acesso a este blog, e tem o prestígio em ter em suas terras ambas árvores tão divinas.
A Betula e o Freixo fazem parte das árvores que, juntamente com a Sorveira, correspondem ao "ABC" celta. Conforme Robert Graves, o alfabeto "Beth - Luis - Nion", que equivale a uma espécie abecedário para os antigos celtas, se inicia com "Bétula / Sorveira / Freixo". Isto porque se tratam das primeiras árvores do Ogham.
The Birch Tree - Betula
A Betula é a primeira árvore do calendário e corresponde ao dia 24 de Dezembro, curiosamente na véspera do natal cristão, mas esta é uma questão a ser discutida posteriormente.
Quanto à Sorveira , ou Sorva, já foi descrita no post "As Árvores Sagradas dos Celtas". Ela corresponde ao "Luis", a segunda árvore do calendário.
Além disto, as vassouras utilizadas por feiticeiras eram tradicionalmente confeccionadas, utilizando-se cabo de freixo e cerdas de bétula. 
Agora passemos aos simbolismos de cada uma dessas árvore.




Freixo
O Freixo, para muitos povos europeus, representava a "Árvore do Mundo". Com a Bétula se faziam as cerdas das vassouras das bruxas e com o freixo se faziam os cabos destas.
Esta é uma árvore que também sempre esteve ligada à proteção. Era comum as armas, lanças, entre outros utensílios de guerra, serem fabricados com madeira de freixo.
Para os vikings, a grande árvore Yggdrasil era um freixo gigante e estava localizada no centro do universo. Foi através dela que o deus Odin (Wodan) conheceu o segredo das runas. Odin ofereceu um de seus olhos em sacrifício para que a árvore revelasse seus segredos, para isto, ficou pendurado durante nove dias e nove noites.



Bétula
Também Chamada de Vidoeiro, representa a árvore do início.  É relacionada à limpeza e purificação. A tão famosa vassoura utilizada pelas bruxas era, e ainda é para os mais tradicionais, feita de ramos de bétula e servia para limpar o ambiente na manhã posterior ao solstício de inverno, a noite mais longa do ano. A casca era usada para magia de proteção e serviam uma espécie de cerveja feita com bétula quando achavam que alguém estava sob algum ataque espiritual.
Os berços eram feitos desta madeira com o propósito de proteger as crianças indefesas de todo e qualquer malefício ou doença. 
Tradicionalmente os galhos de bétula eram usados ​​para acender os fogos Beltane.  
Esta árvore é reconhecida por seu tronco esbranquiçado e muitas vezes associada a grande Deusa Branca. É denominada a 'Dama Branca da Floresta'.





 

3 comentários:

vicente andrade disse...

Oi Hugo, boa noite.
Amei seu Blog, estou a procura de algumas arvores, não encontrei as arvores ainda, mas encontrei você...kkkk
Poderíamos trocar algumas ideias? Meu e-mail barbaradarci1@hotmail.com.
Sou uma Bruxa, estou com um projeto aqui para minha região, e gostaria de trocar algumas ideias com alguém que também é Celta.Espero seu contato. Gratidão.
Zilda Barbara (SC)

Sorama Andrade disse...

Adorei saber sobre as árvores, pretendo confeccionar uma vassoura mágica para mim e é muito difícil encontrar esse tipo de árvore na região onde moro

. disse...

A Bétula, cá em Portugal, também se chama a Noiva da Floresta :)

Postar um comentário