quinta-feira, 26 de maio de 2011

As Cerejeiras em Flor

As Cerejeiras sempre me encantaram. São árvores de grande beleza, seu tronco é bastante ornamental tanto em textura quanto em formato e sua florada um espetáculo digno de festivais. No Japão, a cerejeira em flor é celebrada no "Hanami" (hana=flor mi=ver), um festival que acontece em meados de Abril onde famílias inteiras vão aos parques e templos contemplar a beleza das Sakurás (cerejeira em japonês).
A flor da cerejeira é um dos símbolos do Japão e existe tal veneração e respeito à ela que se equipara à própria bandeira japonesa ou o hino nacional. 

A Lenda das Cerejeiras

Princesa Konohana Sakuya Hime

Reza a lenda xintoísta que "Sakurá" vem do nome da princesa Konohana Sakuya Hime. Ela era uma divindade que habitava o Monte Fuji e, na primavera, se encarregava em desabrochar as flores das árvores.
O fato das flores das cerejeiras durarem pouco tempo fazia com que as pessoas sentissem o quanto a vida podia ser linda, porém efêmera e curta. Assim, a sakurá foi associada também à imagem dos samurais, guerreiros que estavam dispostos a dar sua vida quando necessário e morrer a qualquer momento se preciso.
No Japão antigo, a flor era considerada símbolo do amor. As mulheres enfeitavam os cabelos com as flores da sakurá, mostrando assim que estavam em busca de um par. 
Em contrapartida, a flor também tem seu aspecto negativo em alguns mitos. Acredita-se que na sakurá faz a ligação entre o mundo dos vivos e dos mortos, e que a alma dos falecidos é absorvida pelas cerejeiras e transportada para outro mundo. De toda maneira, o paraíso para alguns orientais é muitas vezes representado repleto de cerejeiras em flor, algo que não deixa deixa de ser divino.
Embora a flores durem poucos dias, sua beleza é tão marcante que tradição se espalhou por vários continentes. Há diversos bosques de cerejeiras na Europa, nos Estados Unidos e também no Brasil e, normalmente, em época de florada, há festivais que acompanham o acontecimento. Geralmente, a comunidade japonesa está na organização destes eventos, levando ao mundo a magia das cerejeiras em flor.


2 comentários:

Lex Tallion disse...

Apaixonante...
Palavras não conseguiriam descrever a beleza, a simplicidade e o amor que se vê em cada uma dessas flores.

Rafinha disse...

Adorei a postagem, só q tipo, Hime significa princesa, e na foto está "PRINCESA Konohana Sakuya HIME"
Tipo, Hime nn é o nome dela kkkk

Postar um comentário